É o amor… na Serra da Estrela.

É o amor… na Serra da Estrela.

Aproxima-se a febre de São  Valentim, facilmente reconhecida por um excesso de corações e bonecos de pelúcia por todo o lado. Uma espécie de Natal fora de época. Há prendas e um excesso de decorações.

Esta poderia realmente ser aquela ocasião para uns dias a dois, aqueles que tem andado a adiar por falta de tempo. Agora tem a desculpa perfeita. E com a benção do calendário comercial. Confesse que anda com vontade de se aconchegar com a sua cara metade. Aqui temos a solução para os seus problemas: temos mais frio que em lugar nenhum do país, neve incluída, ou seja, argumentos suficientes para terminar o dia no quentinho.

1. Acampar no Inverno

Está longe de se imaginar a acampar em pleno Inverno numas das zonas mais frias de Portugal. Certo?
Errado. Esqueceu-se de imaginar um campismo onde não tem de montar a tenda. Ela já está à sua espera totalmente equipada, aquecida e com umas vistas de fazer parar o trânsito, se o houvesse.

Estamos a falar-lhe do Natura Glamping, um conceito que alia a natureza ao conforto num espaço sofisticado. Turismo de natureza em plena Serra da Gardunha com vistas para a Cova da Beira e Serra da Estrela.

Agora volte a imaginar!

Para reservas: h https://www.aquihabeira.pt/natura-glamping/

2. Passeios na neve

Claro que vir à Serra e não ir à neve, é como ir já sabe onde e não ver já sabe quem.
E olhe que é bem romântico passar um dia na Serra.

Fuja do óbvio, marque um passeio de raquetes de neve a dois e descubram os trilhos gelados da nossa montanha: explorem o vale glaciar, adentrem-se num mar de gelo, que cria cenários únicos.

Já agora, aproveite para celebrar bem lá no cimo este tempo a dois, levem um bom tinto, garantidamente, não se vão esquecer desse brinde feito no ponto mais alto de Portugal.


Programas na neve com https://www.facebook.com/Nuno-Adriano-Guide-1451425241741610/

Já agora não se esqueça de trazer a garrafa para baixo, é uma bonita recordação, lá em cima é que não.

3. Jantar com vistas

Comida caseira? Check. Uma boa carta de vinhos? Check. Ambiente acolhedor? Check. Vistas para a Serra? Check. O Restaurante Varanda da Estrela só tem um problema, tem mesmo de fazer reserva ou arrisca-se a bater com o nariz na porta. O arroz de carqueija, o bacalhau com crosta e espigos ou o cabrito no forno são alguns dos pratos que trouxeram fama à cozinha deste restaurante de montanha.

Situado numa aldeia de montanha o nome faz jus às vistas, nesta altura do ano a paisagem montanhosa é coberta por um manto branco de neve que nos faz sentir ainda mais confortáveis lá dentro.
A decoração rústica é toda em madeira e depois dos pratos chegarem à mesa esquecemo-nos das horas.

Para reservas: https://www.aquihabeira.pt/varanda-da-estrela/

4. Belmonte, uma vila medieval para descobrir a dois

Belmonte é, sem sombra de dúvidas, um dos destinos mais românticos de Portugal. Com vistas para o Vale do Zêzere e para a Serra da Estrela, a vila medieval, berço de Pedro Álvares Cabral, encanta pelo seu Centro Histórico cuidado e o seu imponente castelo.

Belmonte é, ainda, conhecida pela sua comunidade judaica que conseguiu, apesar da pressão e perseguição de que foi alvo, preservar as suas tradições e rituais em segredo. Existe até uma Sinagoga que foi inaugurada em 1996 e um Museu Judaico que reúne alguns dos objectos que a comunidade foi preservando ao longo dos tempos.

Belmonte tem um rico conjunto museológico, além do Museu Judaico, tem o Museu dos Descobrimentos, dedicado ao período da expansão marítima portuguesa, o Museu do Azeite e ainda o Ecomuseu do Zêzere. Mas tem sobretudo um encanto inesgotável que se percebe nas suas ruas empedradas e pelas suas gentes afáveis e conversadoras.


A Casa Marias é um Alojamento Local em pleno centro histórico de Belmonte, além de ser um mimo por dentro, a casa tem um terraço e umas vistas desafogadas para o Vale do Zêzere. Uma casa tipicamente beirã, que foi reabilitada para proporcionar conforto e privacidade aos seus ocupantes. Reservas: https://www.aquihabeira.pt/casa-marias/

Mas ir a Belmonte significa uma passagem obrigatória na Pousada do Convento de Belmonte. O edifício, como o próprio nome indica, era um antigo convento que foi reabilitado para acomodar uma das Pousadas de Portugal.

Além da Pousada, da piscina, do terraço, das vistas, dos maravilhosos salões, o Convento alberga ainda um dos melhores restaurantes de toda a região, com uma carta dedicada a uma iguaria regional: os míscaros.

O Chef Valdir Lubave é o responsável pelos sabores que harmonizam a tradição e a inovação. O Restaurante Gourmet é uma experiência única que vai, certamente, querer partilhar com alguém especial.
Reservas: https://www.aquihabeira.pt/restaurante-pousada-convento-de-belmonte/

Share post:

  • /