Verde e amarelo é sinónimo de queijo na Covilhã.

Verde e amarelo é sinónimo de queijo na Covilhã.

Na Covilhã há uma queijaria e charcutaria com mais de 60 anos que faz as delícias, não só dos covilhanenses, mas sobretudos dos muitos turistas que querem conhecer os afamados queijos da região.

Queijos, enchidos, bolos tradicionais, licores e vinhos regionais. A escolha é muita e variada.

Foram os avós que começaram o negócio, a que os pais deram continuidade, até chegar a Patrícia, que ao contrário do que se poderia pensar, sempre quis dar continuidade ao negócio familiar. No Largo da Infantaria, número 21, mesmo em frente à Igreja de São Francisco o letreiro Verde e Amarelo já faz parte de paisagem, e para Patrícia é um orgulho poder continuar com a loja que opera há tantos anos no centro da cidade, um local cheio de histórias e de história.

A Patrícia tem sempre um sorriso para oferecer.

O Verde e Amarelo é uma daquelas lojas que nos recebem com o carinho de outros tempos, onde ainda há disponibilidade para ajudar os fregueses, para dar a provar e aconselhar até se se chegar àquele queijinho, que há-de desaparecer enquanto o diabo esfrega um olho.

São muitos e são todos bons. Escolher é sempre tão difícil.

E, a ajuda agradece-se, porque a variedade é muita: queijos da serra, amarelos ou queimoso, mais ou menos curados, de ovelha, de cabra ou de mistura, não chega a ser preciso tirar um curso, mas escolher um bom queijo também exige algum conhecimento.

Verde e Amarelo

Por aqui gostamos deles de todas as maneiras, acompanhado de um tinto ou de um chá que as tardes frias já agradecem o conforto das bebidas quentes, e se puder ser à lareira, então o plano é perfeito.

Share post:

  • /