A Fatela é Sónica.

A Fatela é Sónica.

A Fatela é Sónica.

Fomos encontrar, numa missão pouco secreta, ali para os lados do Fundão, concretamente na Fatela, o Miguel Newton dos lendários Mata-Ratos, que trouxe a Maria João, sua companheira para a aldeia beirã, onde se instalaram há cerca de um ano.

Veio para ficar, porque disse-nos: “como sou de Lisboa, sentia um bocado de inveja dos meus amigos que iam à terra, e eu não tinha, e agora já tenho, sou Fatelense”.

O placo aprimorado à espera dos primeiros acordes

Mas, o que nos levou até ao Miguel e à Maria João foi a Fatela Sónica. A primeira festivala Punk Rock do mundo que vai acontecer já este Sábado, dia 26. Estávamos a morrer de curiosidade, e precisávamos de informação em primeira mão.

Combinámos com o Miguel, que nos disse para irmos ter ao Pavilhão do Anjo da Guarda, à entrada da aldeia, onde iam estar durante a semana em intensos preparativos. Chegámos com um sol envergonhado, em disputa protagónica com uma trovoada que teimava em falar cada vez mais alto.


No Anjo da Guarda, a Maria João e o Miguel já tinham quase tudo pronto para Sábado; o palco pronto para receber o imenso e vigoroso cartaz que vem, genuinamente, dar o corpo ao manifesto. No Pavilhão da aldeia, habituado a festas mais tradicionais prepara-se uma verdadeira revolução artística. Não é só pela proposta musical, que difere e muito do que se costuma programar pela região, num compromisso assumido pela organização, que envolve a Junta de Freguesia, o Miguel, a Maria João e todos os voluntários que se foram arrimando e fazendo uma perninha,  pugna-se por criar uma oportunidade de juntar um conjunto de artes e artistas, sem esquecer as pessoas da aldeia, as comidas típicas, que podem acompanhar-se por um tintinho, uma cerveja artesanal ou uma jeropiga, assim a vontade de beber nos acompanhe.

Não é uma proposta que se possa perder, mas gostávamos de avisar que corre esse risco. O Anjo só guarda 300 almas, e mais de metade das entradas já estão despachadas, por isso, não espere que a procissão dê a volta ao adro e vá é tratar de garantir que não perde a primeira festivala. Até porque nós já sabemos porque é que é uma festivala. Mas não vamos contar!

Share post:

  • /